Educadores ameaçam nova greve após denunciarem irregularidades em escolas infantis de Caxias

Educadores ameaçam nova greve após denunciarem irregularidades em escolas infantis de Caxias

A declaração é do presidente do Sindicato dos Empregados em Entidades de Caxias do Sul (Senalba). Conforme Claiton Melo, as três organizações que hoje administram as 45 escolas infantis, em contrato com o Município, desrespeitam os direitos trabalhistas dos cerca de 500 educadores. A categoria denuncia também problemas estruturais e falta de alimentação e material pedagógico nas escolinhas. O assunto foi tema de audiência pública na noite desta quinta-feira (18) na Câmara de Vereadores.

O sindicalista reclama que as entidades conveniadas fazem manobra para prejudicar as relações de trabalho e o acordo firmado com a Prefeitura no fim do ano. Claiton Melo explica que os patrões decidiram que vão seguir apenas a CLT e a convenção coletiva geral da categoria. Para o presidente do Senalba, isso coloca em xeque a manutenção de benefícios como prêmio assiduidade e quinquênio.

Diante disso, ele anuncia que a categoria vai decidir, em assembleia geral no dia 29, se paralisa das atividades, caso as entidades não sentem para negociar com os educadores.

Departamento de Jornalismo

Deixe uma resposta